sábado, 10 de abril de 2010

H1N1

Você teria coragem de tomar um medicamento testado durante seis meses (enquanto muitos da mesma linha são testados durante duas décadas) para imunizar uma doença que o próprio organismo é capaz de curar?

Desta vez um post curto. Nada de teorias conspiratórias e acusações contra a indústria farmacêutica, apenas um questionamento sobre coragem. Quem se arrisca?

Próximo!

Tenho dito: Vacina contra H1N1 pode dar falso positivo para HIV, diz Anvisa

3 comentários:

Bárbara Oliveira disse...

Eu já me arrisquei. Mas acredito q com vacina ou sem vacina, se for o meu dia de morrer eu vou morrer, e pronto!

Natália Bongiovani disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leonardo Xavier disse...

Eu ainda não me arrisquei mas eu acho que vou arriscar.