domingo, 4 de julho de 2010

Folha de caderno (desta vez, virtual)

Logo após a eliminação para a França em 2006, com 14 anos, recordo-me muito bem, peguei um caderno e, na última folha, convoquei uma seleção para a Copa de 2010 com os possíveis atletas que na época já despontavam como bons jogadores. No entanto, o caderno era velho e o perdi após alguns meses. De modo a não perder as minhas anotações, refaço aqui o exercício de 2006. Desta vez para a Copa de 2014, que será realizada no Brasil.

Em negrito ficará a provável convocação para 2014. Com a letra normal, a convocação de 2010.

Julio César - Julio César (Internazionale)
Gomes - Renan (Valencia, emp. Internacional)
Doni - Diego Cavalieri (Liverpool)
Maicon - Maicon (Internazionale)
Daniel Alves - Rafinha (Shalke 04)
Michel Bastos - Marcelo (Real Madrid)
Gilberto - Diego Renan (Cruzeiro)
Lúcio - David Luiz (Benfica)
Juan - Miranda (São Paulo)
Luisão - Luisão (Benfica)
Thiago Silva - Thiago Silva (Milan)
Gilberto Silva - Aírton (Benfica)
Felipe Melo - Denílson (Arsenal)
Josué - Lucas (Liverpool)
Kléberson - Hernanes (São Paulo)
Elano - Diego (Juventus)
Ramires - Ramires (Benfica)
Kaká - Kaká (Real Madrid) ou Renato Augusto (Leverkusen)
Júlio Baptista - P.H. Ganso (Santos)
Luís Fabiano - Adriano (Roma)
Nilmar - Neymar (Santos)
Robinho - Robinho (Manchester City)
Grafite - Alexandre Pato (Milan)


É isso. 2014 volto a ver este post. Lógico que surgirão grandes nomes nesses próximos quatro anos, mas é bom já ir montando uma base. As principais dúvidas são nos ditos primeiros-volantes e no "camisa 9". Chamo a atenção também para o número de jogadores da nossa possível futura seleção que já jogam no exterior. O número de jogadores do Benfica de Portugal também é impressionante.

1 comentários:

Matheus Brasil disse...

Apesar da revelação constante, pouco se apostam nos jovens na Seleção.

Tanto tem 2006 como em 2010, foi assim.

Espero que Felipão volte pra reunir, como em 2002, muito do futebol brasileiro.

Até mais, manolo.