domingo, 21 de fevereiro de 2010

No Rio, futebol ainda é futebol

Em qual outro lugar do Brasil a equipe mais fraca que disputa o título poderia ser a campeã? Parece não haver outro lugar que não no Rio de Janeiro. O Campeonato Estadual mais charmoso do Brasil teve encerrado neste domingo 21 de fevereiro o seu primeiro turno – a Taça Guanabara – e consagrou o Botafogo como bicampeão.

O título do Botafogo serve para justificar a alcunha do Campeonato Carioca (“estadual mais charmoso do Brasil”). Entre os quatro grandes do estado ele é o mais fraco, o de menor investimento, e há menos de um mês havia tomado de seis do mesmo time que derrotou hoje. O time passou pelo Império do Amor rubro-negro com garra e disposição e, hoje, mais uma vez, passou por outro favorito para se tornar bicampeão da Guanabara.


Um retranca montada a partir da linha que divide o campo foi a chave para as duas vitórias do time do saudoso Nilton Santos. O ataque rubro-negro na quarta e o ataque vascaíno hoje não conseguiram entrar na área em situação de perigo. As duas linhas defensivas do Botafogo não deram brechas aos habilidosos ataques adversários. Nem Adriano e Love, nem Dodô e Carlos Alberto conseguiram furar as redes com a bola rolando. Além do setor defensivo, a melhora no ataque do Botafogo deveu-se à entrada do novo talismã de Joel. O rápido atacante Caio foi decisivo mais uma vez. Caio que já havia feito o gol sobre o Flamengo e colocara o Bota na final, causou a expulsão de Nilton e sofreu a falta que originou o pênalti do segundo gol.


Parabéns ao Joel por mais essa conquista. Mais uma vez ele surpreende o Brasil mostrando que a essência do futebol ainda não morreu e que é possível ainda times com menor investimento ganharem títulos, ainda que os títulos venham com um futebol de qualidade questionável. Se há um rei no Rio, o nome dele é Joel Natalino Santana. Parabéns à toda claque do time da estrela solitária pelo título de garra, tática e disposição.


Com a conquista da Guanabara, o Botafogo vai disputar a quinta final seguida do Carioca (algo inédito na história do clube) e Joel Santana vai buscar o seu sétimo título do Estadual do Rio de Janeiro.

1 comentários:

Bárbara Oliveira disse...

Belíssimo post Dan!
é o futebol tem seus mistérios...e quando é surpreendente como foi na reta final da Taça Guanabara o torcedor agradece e fica ainda mais satisfeito!
bjO